Você está em:
Obras Executadas 
 
HOTEL BOURBON ATIBAIA
Cliente:
Plaenge Engenharia Ltda.
Cidade:
Atibaia - SP
Tecnologia:
Lajes planas nervuradas protendidas
Área:
32.000 m2 de lajes executadas
Volume Concreto:
7.500 m3
Consumo Cordoalhas:
85 toneladas
 
Uma das maiores obras da América do Sul cujo projeto contempla lajes protendidas com cordoalhas engraxadas é o edifício da rede de hotéis Bourbon, na cidade de Atibaia-SP.
 
Vista estrutura concluída
 
 
As lajes foram executadas seguindo um excelente processo de racionalização dos serviços, utilizando um eficiente sistema de formas, garantindo uma estrutura final com qualidade admirável.
 

Lajes Nervuradas Protendidas
Estrutura Concluída
 
Durante certo tempo houve alguma resistência ao uso da protensão, pois deixa-se de lado o concreto armado, que era técnica de domínio corrente e passa-se a atuar de maneira diversa. A estruturação predial tradicional de laje-viga-pilar mudou para a estruturação laje-pilar, gerando um momento de reflexão sobre o desempenho destas estruturas, especialmente quanto aos fenômenos de deformabilidade. Hoje, entretanto, o concreto protendido não
deixa dúvidas quanto ao seu excelente desempenho.
 

Transição das Cordoalhas em Pilar
Laje Nervurada Protendida
 
 
 
PONTE PROTENDIDA
Cliente:
AG Construtora Ltda
Cidade:
Rio Verde – GO
Tecnologia:
Vigas pré-moldadas protendidas
Área:
Ponte com 18,50m de vão livre
Consumo Cordoalhas:
1.107 kg de cordoalhas de diâmetro 12,7mm.
Ponte com 18,50m de vão livre. Execução de três vigas protendidas com cordoalhas engraxadas, pré-moldadas no canteiro de obras (eliminação do custo de transporte).

Consumo de apenas 1.107 kg de cordoalhas de diâmetro 12,7mm.

Após quatro dias da concretagem foi feita uma primeira etapa de protensão, para o içamento e posicionamento das vigas nos apoios. Não houve necessidade de escoramento. O tabuleiro foi executado apoiado nas próprias vigas, e após sua conclusão foi feita a segunda etapa de protensão.

O prazo total de execução foi de 30 dias, sendo a ponte liberada para o tráfego de colheitadeiras e carretas de transporte de safra agrícola.
 

   
   
 
 
 
RADIER PROTENDIDO
Cliente:
HLC Construções Ltda.
Cidade:
Londrina - PR
Tecnologia:
Fundações em radier - placas protendidas
Área:
9.100 m2 de radier
Prazo de Execução:
180 dias
Executado em condomínio residencial na cidade de Londrina, padrão popular tipo sobrados geminados.
Projeto totalmente diferenciado dos conceitos tradicionais para habitações populares, trazendo um padrão arquitetônico de alto nível aliado a processos construtivos modernos, como alvenaria estrutural em blocos de concreto, lajes nervuradas pré-fabricadas e fundações do tipo radier protendido.

O radier protendido, executado com cordoalhas engraxadas distribuídas em faixas trouxe para a obra um ganho espetacular em produtividade e ritmo de concretagens, com excelente qualidade final.
O solo da região de Londrina é do tipo argiloso e altamente colapsível. Sendo assim, havia preocupação com deformações exageradas no solo, que poderiam comprometer a edificação. Assim, a protensão tornou-se solução adequada por proporcionar à estrutura características de deformabilidade bastante reduzidas.

Além disso, o terreno era bastante acidentado, com nível dágua a pequenas profundidades e presença de pedras-bola, dificultando a execução de fundações que exigissem escavações profundas.

A protensão foi executada em duas etapas distintas de acordo com as fases de execução da alvenaria e consequente atuação progressiva do carregamento sobre a placa de radier.
O resultado final foi extremamente satisfatório. Mesmo após decorridos quatro anos da entrega da obra, não houve indícios de deformações ou fissuras significativas nas fundações ou mesmo efeitos refletidos nas paredes.


 
CONDOMÍNIO MARINA 2000
Cliente:
Construtora Londricasa.
Cidade:
Primeiro de Maio - PR
Tecnologia:
Laje maciça protendida (e = 16 cm)
Área:
2.063 m2 de lajes
Consumo Cordoalhas :
10.600 kg.
Concreto :
30 MPa
Condomínio fechado para área de lazer às margens do rio Tibagi, na cidade de Primeiro de Maio, Estado do Paraná.
Foram executadas 21 lajes maciças protendidas com cordoalhas engraxadas.

A opção pelo concreto protendido possibilitou rapidez no término da execução da estrutura, acelerando o ritmo da obra como um todo, visando antecipar o volume de vendas das unidades residenciais.
Vista das ancoragens ativas

Laje Maciça Protendida
Com uma equipe reduzida de trabalho foi possível realizar a concretagem de uma laje a cada 04 dias, trazendo para a obra um ritmo excelente de trabalho. A protensão dos cabos é executada poucos dias após a concretagem das lajes, possibilitando liberação rápida das formas e escoramento, bem como a continuidade imediata dos serviços subsequentes.
 
 
RESIDÊNCIA CONDOMÍNIO ROYAL GOLF
Cliente:
Excel Engenharia e Construções Ltda.
Cidade:
Londrina - PR
Tecnologia:
Lajes maciças protendidas
Área:
184 m2 de laje
O uso da protensão não se aplica somente a edifícios ou obras de grande porte.
A execução de lajes protendidas também se justifica em residências onde haja necessidade de aproveitamento máximo do espaço interno e redução significativa dos pilares, como nesta residência executada no condomínio Royal Golf, em Londrina /PR.

Foi executada uma laje maciça de 184 m² com distribuição das cordoalhas conforme solicitações na laje, fugindo ao padrão de distribuição em faixas de protensão. A maleabilidade das cordoalhas permite que o projetista tenha liberdade ao posicionar os cabos conforme necessidade de projeto sem provocar dificuldades executivas e tão pouco perdas com corte e emendas do aço. É possível até mesmo fazer a ancoragem dos cabos num ângulo de 45º em relação a borda da laje, no caso desta possuir formas arquitetônicas diferenciadas.
 
EDIFÍCIO CHATEAU DE LYON
Cliente:
Cotel Construtora
Cidade:
Maringá - PR
Tecnologia:
Lajes nervuradas protendidas
Área:
5.330 m2 de lajes
Cordoalhas:
15.000 kg
Edifício de 20 pavimentos, executado na cidade de Maringá /PR.
Execução de lajes nervuradas protendidas com uso de blocos de EPS, com consumos de concreto e aço de protensão dentro de valores mínimos, assegurando grande economia final.

A mão de obra de carpintaria, armação e concretagem é bastante reduzida, não necessitando ser especializada, apenas treinada.

A arquitetura da estrutura e da edificação de um modo geral ganha muito em arte e funcionalidade, deixando os espaços em condições de serem usados das mais diversas formas e necessidades.
 
 
REPASAL RECUPERADORA
Cliente:
Storti Construções Civis
Cidade:
Londrina-PR
Tecnologia:
Lajes nervuradas protendidas
Obra destinada à área automotiva onde havia necessidade de otimizar o espaço livre para trânsito de veículos.
Carregamento elevado no segundo pavimento devido ao estoque de peças e equipamentos automotivos. Sobrecarga considerada: 1.000 kg/m².
Laje executada com formas plásticas e cordoalhas distribuídas nas nervuras, com vãos de 15m x 45m sem nenhum pilar central.
Preocupação maior em projeto com as variações significativas de carregamento que podem ocorrer durante o uso da edificação.
 
COLÉGIO UNIVERSITÁRIO
Cliente:
Construtora Engenova
Cidade:
Londrina-PR
Tecnologia:
Lajes Nervuradas Protendidas
A laje protendida proporcionou total liberdade arquitetônica para o lay-out das salas de aula do colégio.
Houve também maior velocidade no prazo de execução da obra, o que, para edificações comerciais sempre é vantajoso.
Execução de faixas protendidas nas bordas das lajes e no restante distribuição das cordoalhas nas nervuras das formas plásticas.
 
EDIFÍCIO PORTO ALEGRE
Cliente:
Construtora Engemar
Cidade:
Apucarana –PR.
Tecnologia:
Laje plana protendida com enchimento em EPS.
Edificação residencial onde mais uma vez existe a busca pela liberdade de lay-out dos apartamentos.
Laje maciça com enchimento de blocos de EPS e faixas protendidas. Utilização de cordoalhas de diâmetro 15,2mm como forma de reduzir o número de cabos necessários para suprir a área de aço determinada em projeto.
 
EDIFÍCIO ASTON PARK
Cliente:
Fenícia Construções Civis
Cidade:
Umuarama – PR.
Tecnologia:
Laje plana com faixas protendidas
Laje plana com uso de blocos de EPS e execução de faixas maciças protendidas sobre o alinhamento de pilares. Entre estas faixas utilizou-se lajes tipo treliçadas pré-fabricadas com vão máximo de 5,85 metros.
 
 
INSTITUTO EDUCATIVO NOVO SIGNO
Cliente:
A. Yoshii Engenharia e Construções Ltda
Cidade:
Londrina – PR
Tecnologia:
Vigas protendidas
Cordoalhas: diâmetro 15,2mm.
Estrutura de uma arquibancada para auditório no segundo pavimento da edificação.
Execução de vigas protendidas bi apoiadas com vão livre de 20 metros como apoio para a laje de piso maciça.
Utilização de cordoalhas engraxadas de diâmetro 15,2mm.