Você está em:
Concreto Protendido 
 

Nos últimos anos a arquitetura evoluiu na busca do ganho espacial dos ambientes construídos, mudando a dimensão do espaço projetado. A engenharia, por sua vez, vem buscando sempre tirar o máximo proveito dos materiais disponíveis e utilizar o que há de melhor entre as novas tecnologias.

Concebido para libertar os projetistas das limitações, o concreto protendido permitiu a execução de obras antes somente imaginadas. Suas características possibilitaram projetos ousados, inicialmente em pontes e viadutos e posteriormente também em obras de menores cargas e vãos.

Assim, a protensão é um artifício que consiste em introduzir numa estrutura, um estado prévio de tensões capaz de melhorar sua resistência ou seu comportamento, sob diversas condições de carga.


Faixa Protendida


Faixa Protendida

No entanto, a protensão não altera os esforços solicitantes das peças, provocadas pelo seu peso próprio e pelo carregamento atuante. A força de protensão age em sentido contrário ao carregamento e equilibra seus efeitos, diminuindo drasticamente as deformações e fissuração. Portanto, protender significa aplicar esforços que neutralizam os efeitos das cargas externas sobre as estruturas.

VANTAGENS DO CONCRETO PROTENDIDO
Há uma diferença essencialmente tecnológica entre concreto armado e protendido. Pode-se enumerar uma série de aspectos relevantes da tecnologia do concreto protendido, que devem ser levados em conta numa possível análise de alternativas.

Redução da Fissuração
Com a protensão é possível melhorar a capacidade de utilização da peça estrutural e controlar de modo mais eficiente a fissuração, podendo, em alguns casos até eliminá-la.
O concreto comprimido pela ação da armadura protendida resiste melhor aos alongamentos provocados pela flexão, fissurando-se muito pouco.
O controle das fissuras está diretamente relacionado com a durabilidade das estruturas, pois aumenta a proteção da armadura contra a corrosão, bem como a estanqueidade do concreto.

Emprego de Aços de Alta Resistência
No concreto armado convencional, a armadura é solicitada pela flexão, compondo o binário material resistente, o qual traciona a armadura e obriga o seu alongamento. Ao se alongar o concreto fissura. Em concreto protendido, utilizam-se aços de alta resistência, capazes de atingir tensões elevadas de trabalho sem depender de alongamentos exagerados do concreto.
Na seção protendida, o mecanismo concebido não é o binário, mas de solicitações de alívio. Nesse caso, o que se equilibra são as solicitações externas, gerando um mecanismo onde todos os pontos da peça solicitada estão em estado de tensão uniforme, desenvolvendo um campo energético extraordinário, que corrigido o estado de deformação pela protensão, sobrará a deformação do concreto, que é bastante reduzida e também corrigida.


Cordoalha Engraxada

Cordoalha Engraxada

Os aços de alta resistência são sensivelmente mais econômicos, pois admitem tensões maiores, podendo portanto, ter um consumo reduzido. São fornecidos em bobinas de grande comprimento, agilizando a fase de corte, eliminando a fase de dobra e evitando problemas relacionados com emendas da armadura.

Redução da Seção Transversal
No concreto protendido, toda a seção de concreto é concebida para trabalhar uniformemente em todos os seus pontos resistindo aos esforços de flexão. Tirando-se partido de toda a contribuição do concreto, associado à alta resistência do aço, as seções transversais podem ser reduzidas, minimizando o peso próprio da estrutura


Laje Nervurada Protendida

Laje Nervurada Protendida

Capacidade de Auto-Recuperação do Concreto
Eventualmente, durante sua vida útil, as estruturas podem passar por situações de tensões excessivas devido à ação de cargas acidentais. Neste caso, haverá fissuração maior no concreto, aumento da solicitação na armadura e nas ancoragens, e as deformações podem ser significativas.

Entretanto, após alívio do carregamento, a armadura ativa promove correção na flechas e as fissuras no concreto voltam a se fechar por completo, desde que as tensões no aço permaneçam abaixo do limite de escoamento permitido.

Garantia Antecipada de Resistência
É durante a aplicação da força de protensão que são introduzidas as maiores tensões na estrutura. Geralmente esta operação é realizada quando o concreto tem ainda pouca idade, e não está, portanto, submetido ao carregamento total para o qual foi projetado. Sendo assim, a operação de protensão constitui uma espécie de prova de carga nas peças protendidas.